Vaquinha para trazer corpos de curitibano e seu cão dos EUA atinge R$ 120 mil

25/05/2022


Jesse Koz e Shurastey foram vítimas de acidente a caminho do Alasca



Foi encerrada a vaquinha online para arrecadação de fundos destinados à volta do influencer curitibano Jesse Koz e do seu fiel escudeiro, o golden retriever Shurastey, ao Brasil. Isto porque, de acordo com informações da família, a corrente virtual conseguiu juntar R$ 120 mil em duas horas. Ambos morreram em um acidente de trânsito, nesta segunda-feira (23), nos Estados Unidos (EUA).


Uma postagem na rede social Instagram agradece àqueles que se solidarizam com a fatalidade no país norte-americano.


A vaquinha foi organizada pelo casal que estava junto no acidente e, normalmente, o transalado de corpos, que já possui um valor altíssimo, aumenta ainda mais se tratando de viagens internacionais.


Diante da situação, a família de Koz já começou os trâmites para que o influencer curitibano e o Shurastey, o cão golden, voltem imediatamente à cidade que moravam no estado vizinho (Balneário Camboriú). A ideia dos familiares é que ambos sejam enterrados por lá.


O portal de notícias KDRV, filiada da emissora ABC, apontou que Kozechen se acidentou no momento em que fez um desvio para evitar um congestionamento. Então, ele perdeu o controle do fusca e bateu contra outro carro, dirigido por um homem de 62 anos. O acidente foi registrado na estrada US 199, conhecida como Redwood Highway.


Ainda de acordo com a imprensa norte-americana, o curitibano morreu no local, enquanto o ocupante do outro carro e uma criança, de 2 anos, foram encaminhados ao hospital. Diante da situação, a rodovia onde houve o acidente chegou a ser bloqueada por cerca de duas horas, segundo a Polícia Estadual de Oregon.


O influencer ficou conhecido por usar um fusca com placas de Balneário Camboriú (SC) para viajar o mundo junto de seu cão, o Shurastey. Os perfis do curitibano e do animal no Instagram contam com mais de 500 mil seguidores atualmente.


Eles começaram a se aventurar nas estradas em 2017 e chegaram a rodar mais de 85 mil quilômetros. Além disso, visitaram mais de 17 países.

Últimas Notícias