Vacina de Oxford só em março, afirma a Fiocruz

19/01/2021


Órgão espera entrega de insumo produzido na China



A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) enviou ontem um ofício ao Ministério Público Federal (MPF) informando que a entrega da vacina de Oxford contra a Covid-19 vai atrasar de fevereiro para março. Segundo o órgão, o motivo para o atraso na produção da vacina no Brasil é por não ter recebido o insumo para a produção da vacina Oxford/AstraZeneca.


O composto que falta para o início da produção é o ingrediente farmacêutico ativo (IFA), de responsabilidade da AstraZeneca. O insumo vem da China e ainda não tem data para chegar. De acordo com a Fiocruz, o recebimento estava previsto para janeiro. A expectativa é entregar 100 milhões de doses até julho e mais 110 milhões até o fim do ano.


Para começar a distribuição da vacina no país será necessário o registro sanitário definitivo para uso no Brasil. Segundo a Fiocruz, a previsão é que a reunião com a Anvisa seja agendada ainda durante esta semana.

Publicidade

Últimas Notícias

8 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale