top of page

UPAs e hospitais registram lotação de enfermarias e UTIs em Curitiba

01/04/2024

Espera por atendimento chegou a ser de 4 horas neste domingo (31)



Hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) enfrentam alta demanda de pacientes em Curitiba no fim de semana.

 

No domingo (31), entre o fim da tarde e o começo da noite, por exemplo, a UPA do Boa Vista estava com a sala de espera lotada, conforme imagens feitas por pacientes que estavam no local.

 

Testemunhas disseram que esperaram mais de quatro horas por atendimento após passarem pela triagem inicial.

 

Nesta segunda-feira (1º), conforme a prefeitura, o tempo de espera no início da manhã era de cerca de duas horas.

 

"A Secretaria Municipal da Saúde informa que o monitoramento do sistema de saúde é constante. Ele é modulado conforme a demanda, a gravidade e os tipos de problemas de saúde que surgem. O sistema é bastante dinâmico e Curitiba conta atualmente com 2.834 leitos SUS", disse a prefeitura, em nota.

 

Os hospitais que tem pronto-socorro e atendimento pelo SUS também tiveram alta demanda.

 

No Hospital do Trabalhador, por exemplo, são 40 leitos de UTI e mais de 100 de enfermarias que ficaram totalmente ocupados. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou a lotação.

 

No período da tarde e na noite de domingo, o local chegou a ter fila de espera do pronto-socorro para encaminhamento a algum leito de terapia intensiva ou de enfermaria.

 

Outros hospitais que são referência, como o Cajuru e o Evangélico, também tiveram lotação.

 

O Cajuru disse que atuou com ocupação máxima no domingo (31), o que gerou restrição dos encaminhamentos. O cenário permanece igual nesta segunda (1º), de acordo com a instituição.

 

O Evangélico também confirmou lotação, mas disse que no fim da tarde de domingo o fluxo tinha normalizado.

Comentarios


Últimas Notícias

bottom of page