UEM articula projeto para atração de investimentos a cidades do Norte e Noroeste

01/02/2021


A pesquisa será conduzida pela Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da UEM



A Universidade Estadual de Maringá (UEM) articula um projeto para atração de investimentos à região. A realização de uma pesquisa sobre as oportunidades econômicas das 30 cidades do Norte e Noroeste, que compõem a Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep), foi tema da reunião, na última semana, do reitor Julio César Damasceno e o prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo, que preside a entidade.


O objetivo é agrupar informações sobre parques industriais, leis de incentivos fiscais, espaços físicos disponíveis para implantação de empresas, infraestrutura de energia elétrica e da rede de água e esgoto, entre outros aspectos, como o perfil da mão de obra qualificada.


A pesquisa será conduzida pela Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da UEM, abrangendo a elaboração do questionário, que será aplicado nas prefeituras, e a estruturação do panorama com os dados coletados. “O intuito é promover ações que resultem na abertura e manutenção de empregos e estimulem a geração de riqueza nos municípios”, afirmou o reitor Júlio, destacando a importância da metodologia e fundamentação científica.


ESTRATÉGICA - A iniciativa também está em consonância com as premissas da Unidade Mista de Desenvolvimento Territorial (UMDT), que consiste em uma parceria estratégica, firmada entre a UEM e a Amusep, com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná - Iapar-Emater (IDR Paraná) e da Secretaria Estadual da Agricultura e Abastecimento.


A pesquisa vai distinguir os nichos de mercado, a fim de proporcionar segurança a possíveis investidores e melhorar o ambiente de negócios nas cidades envolvidas. “Com o material em mãos, vamos repassá-lo para as agências de atração de investimentos, estadual e federal, entre outras instituições nacionais e internacionais”, explicou o prefeito Rogério Bernardo.


Na reunião, o secretário de Assuntos Metropolitanos e Institucionais de Maringá, Fausto Eduardo Herradon, ressaltou a possibilidade de identificar e multiplicar experiências de sucesso na Gestão Pública. “Um diagnóstico detalhado das potencialidades é essencial para a elaboração de programas de atração de investimentos e para acelerar o desenvolvimento socioeconômico da região”, destacou.


No Noroeste, além de Maringá e Ângulo, a Amusep reúne Atalaia, Colorado, Doutor Camargo, Floraí, Floresta, Flórida, Iguaraçu, Itaguajé, Itambé, Ivatuba, Lobato, Mandaguaçu, Marialva, Nova Esperança, Ourizona, Paiçandu, Paranacity, Presidente Castelo Branco, Santa Inês, São Jorge do Ivaí, Sarandi e Uniflor. E da região Norte do Estado, as cidades de Astorga, Mandaguari, Munhoz de Melo, Nossa Senhora das Graças, Santa Fé e Santo Inácio.


COOPERAÇÃO –Maringá firmou um termo de cooperação com o Governo do Estado, por meio da Invest Paraná, que atua na promoção de empresas locais e atração de novos investimentos. O diretor-presidente da Invest Paraná, José Eduardo Bekin, destacou a estrutura e a vocação maringaense para negócios, se dispondo a auxiliar na pesquisa que será desenvolvida pela UEM e Amusep.


A Invest Paraná conecta o governo e a iniciativa privada, auxiliando no levantamento de dados, fornecimento de informações e tomada de decisões estratégicas. Para tanto, a instituição dispõe do Programa Municipal de Atração de Investimentos (PMAI), operacionalizado em conjunto com as prefeituras.

Publicidade

Últimas Notícias

1 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale