Tecnologia paranaense ajuda professores a se dedicarem 30% mais aos alunos

13/05/2022


Tempo que seria gasto entre provas, planejamento e correções é reduzido significativamente e até pequenas escolas têm acesso



A rotina administrativa de uma escola envolve questões amplas. Alguns processos são de responsabilidade dos professores, como o lançamento de notas, o planejamento das aulas, a inserção do material de apoio nos sistemas, a preparação de provas e a correção de trabalhos. São processos do cotidiano, mas que, sem uma ferramenta adequada, podem ser morosos, mesmo com todo o avanço digital recente, pós-pandemia da Covid-19. Na prática, isso pode reduzir os momentos junto aos estudantes. Especialmente para colégios de menor porte, faculdades e até mesmo escolas de idiomas, o contato mais aproximado e a otimização do serviço fazem toda a diferença.

A tecnologia pode ajudar, inclusive, ampliar em até 30% a dedicação dos professores aos seus alunos, como no sistema SISA, desenvolvido pela empresa Matheus Soluções, do grupo paranaense SWA. A plataforma foca justamente na redução de tempo atrás dos computadores. Embora lançada recentemente, quem já experimentou a solução garante que os resultados são excelentes. “Decidimos contratar o sistema SISA para ajudar na demanda da secretaria acadêmica e do diploma digital. O sistema possui uma excelente didática e funcionalidade, com ele obtivemos treinamento e qualificação para atender às necessidades da instituição. O sistema SISA atendeu às nossas expectativas”, compartilha Ana Cláudia Silva, diretora acadêmica da Fundação Educacional Vale do São Francisco, de Minas Gerais.

Através do SISA, os estabelecimentos de ensino com até 500 alunos têm acesso a soluções conjuntas, como secretaria digital, integração completa com o Moodle (um software livre, de apoio à aprendizagem, executado num ambiente virtual), o novo Ensino Médio, plataforma de recebimento e Nota Fiscal. O ambiente do suporte tem também chat on-line. Para quem se torna cliente plus, os benefícios são ampliados. A instituição que opta pelo pacote tem, por exemplo, acesso ao SISA DOC, que oferece facilidade com a secretaria digital, Workflow de Assinatura Digital de Documentos, Geração de Diplomas, Armazenamento e Versionamento.

O aporte no SISA é inferior aos preços praticados em softwares similares e as respostas eficientes. “O SISA potencializa ainda mais o funcionamento dos estabelecimentos de ensino que são menores e que dependem de um sistema prático, dinâmico e que flexibilize a rotina dos professores e colaboradores”, comenta Leandro Scalabrin, fundador, sócio e CEO do Grupo SWA. “É um sistema simples e de uso fácil, com o melhor custo-benefício disponível no mercado”.

Vale lembrar que a SWA é dona de grandes projetos, como o JACAD, plataforma de gestão educacional utilizada por 40 mil professores e 500 mil estudantes, nos 22 estados brasileiros, e que, a partir desta expertise, democratiza a tecnologia, tornando-a acessível também aos pequenos estabelecimentos. O SISA é mais compacto e igualmente funcional. “Acabam ganhando todos, mas especialmente os alunos. Quando os professores e estudantes mantêm um bom relacionamento em sala de aula, o aprendizado se torna mais eficiente e a relação de engajamento de ambas as partes só cresce. Para que isso aconteça, a aproximação deve ser uma constante. Entendemos que o SISA supre essa lacuna”, avalia Leandro.

Últimas Notícias