SC registra 16 mortes de pacientes à espera por leitos

02/03/2021


Segundo o governo, pacientes foram atendidos por profissionais de saúde



Entre o último dia 21 e esta segunda-feira (1°), o estado de Santa Catarina teve 16 mortes de pacientes infectados com Covid-19 que esperavam por leitos especializados para tratar a doença. A informação é do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-SC) e da prefeitura de dois municípios.


Só em Chapecó, nove pessoas perderam a vida neste período dentro de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), onde aguardavam transferência para hospitais. Em Itapema, uma técnica de enfermagem morreu na sexta-feira (26) à espera de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Já na cidade de Xanxerê, a prefeitura contabiliza seis vítimas que estavam internadas em um hospital esperando por vaga especializada.


A última morte foi a de um homem na noite de segunda-feira (1º). A vítima tinha 66 anos e estava internada desde a tarde na emergência do Hospital Regional São Paulo (HRSP), onde aguardava um leito de UTI. Ele tinha outras comorbidades e morreu por volta das 19h30.


Todos os pacientes foram atendidos por médicos e profissionais de saúde, mas esperavam transferência para leitos especializados para tratar a doença, segundo informou a Secretaria Estadual de Saúde (SES).


Também segundo o governo, na noite de segunda havia 228 solicitações de transferência de pacientes por parte das regionais de saúde. A taxa de ocupação de leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 adulto é de 98,63% em Santa Catarina.


Em reunião com o governo estadual, na segunda, representantes do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, Federal e do Trabalho, Tribunal de Contas do Estado, da Defensoria Pública do Estado e da União cobraram medidas mais duras do Executivo para o enfrentamento da Covid-19 e ressaltaram a preocupação com a desassistência na saúde.


"O que nos preocupa é que de quarta-feira para ontem [segunda-feira], por exemplo, nós tivemos um acréscimo de 30 para 261 pacientes na fila de espera por vaga em UTI e quando isso ocorre com uma taxa de ocupação de praticamente 100% em todo estado, o problema não é mais apenas o combate a pandemia", disse procurador-geral de Justiça, Fernando da Silva Comin.


A SES informou nesta terça-feira (2) que deve transferir até 16 pacientes com Covid-19 para o Espírito Santo. Em comunicado, a pasta confirmou que o transporte será feito de Chapecó para uma unidade de saúde na região metropolitana de Vitória. Esta é a primeira vez desde o início da pandemia que Santa Catarina transfere pacientes com Covid-19 para outros estados.

Últimas Notícias