Sanepar ameniza rodízio para Curitiba e RMC

12/03/2021


Grupos ficarão 60 horas com água e 36 sem



A Sanepar inicia um novo modelo de rodízio de abastecimento de água em Curitiba e Região Metropolitana a partir da próxima segunda-feira (15). Serão 60 horas de fornecimento e 36 horas com suspensão. Ou seja, a população terá um dia a mais de distribuição de água, em relação ao formato atual, e os bairros passam a ser divididos em quatro grupos, com cerca de 900 mil de pessoas em cada.


A ampliação do fornecimento de água foi possível graças à evolução do nível das quatro barragens que compõem o Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e Região Metropolitana (SAIC), à economia da população, dentro do programa META20, e às ações da Sanepar que resultaram em 46,6 bilhões de litros de água incorporados ao sistema. Nesta sexta-feira (12) o nível do SAIC chegou a 60,03%. A última vez que a Sanepar havia registrado um volume na faixa de 60% foi em abril do ano passado.


A companhia alerta que a manutenção do novo modelo de rodízio dependerá do nível de reservação. Segundo Hudson José, diretor de Comunicação e Marketing da Companhia, caso o volume volte a cair, chegando a 50%, o modelo de 36x36, com um dia e meio com água e um dia e meio sem água, será retomado.


Bairros de Almirante Tamandaré, Araucária, Campina Grande, Colombo, Curitiba, Pinhais, Piraquara e Quatro Barras que na semana passada foram afetados pelo despejo irregular de resíduos sólidos no sistema Iraí ficam sem rodízio, com abastecimento integral, até quinta-feira (18).


Nas regiões com sistemas isolados, como as áreas abastecidas pelos poços do Aquífero Karst e pelo Rio Barigui, em Colombo e Almirante Tamandaré, o rodízio permanece no modelo de 36 horas com água e 36 horas sem água. A alteração do rodízio só ocorrerá na área do SAIC.

Últimas Notícias