Reservatórios atingem 80% da capacidade e Sanepar anuncia o fim do rodízio de água

19/01/2022


Até sexta-feira será normalizado todo o abastecimento


Os reservatórios de Curitiba e RMC atingiram, nesta quarta-feira (19), 80,34% da sua capacidade, é exatamente esse número que a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) queria chegar para declarar o fim do rodízio de água. Em relação a suspensão, a empresa convocou uma coletiva de imprensa para às 11h30, e anunciou o fim do rodízio e os investimentos para evitar novas crises hídricas na capital paranaense e região metropolitana. Até sexta-feira será normalizada todo o abastecimento. A companhia chegou a dizer que, em outro momento, que seria estudado a suspensão dos cortes se os níveis atingissem 60%, porém, esse dado foi revisto e alterado para 80%.


Ainda conforme informações ditas na coletiva de imprensa, neste ano não deve retornar ao rodízio. Uma possível volta dos cortes será no período de 12 meses, dependendo da situação da crise hídrica e caso os reservatórios reduzam para 50 ou 53% a sua capacidade.


O rodízio no abastecimento de água na Capital e região teve início em março de 2020. O período mais crítico desde o começo foi em agosto de 2020, quando a população ficou 36 horas com água e 36 sem. Atualmente, o tempo de abastecimento está em três dias e meio (84 horas com água) e até 36 de suspensão do fornecimento. A organização do rodízio informa uma programação até 28 de janeiro, porém deve ser revisada conforme o que for dito em coletiva de imprensa, após atingir 80% da capacidade.


Foto: Divulgação/Sanepar



Últimas Notícias