Quatro aeroportos do Paraná são privatizados

07/04/2021


Expectativa é de investimentos de R$ 1,4 bilhão em 30 anos



Quatro aeroportos paranaenses, incluindo os internacionais Afonso Pena, em São José dos Pinhais, e das Cataratas, em Foz do Iguaçu, foram a leilão nesta quarta-feira na Bolsa de Valores de São Paulo (B3). O Bloco Sul, do qual os terminais paranaenses fazem parte, foi arrematado por R$ 2,128 bilhões. O lance foi dado pela Companhia de Participações em Concessões, do grupo CCR. Além dos dois terminais internacionais, também foram concedidos pelos próximos 30 anos os aeroportos Governador José Richa, em Londrina, e Bacacheri, em Curitiba.


A expectativa é que eles recebam investimentos na ordem de R$ 1,4 bilhão, com obras de ampliação, manutenção e exploração da infraestrutura dos terminais. O governador Ratinho Junior e o secretário estadual da Infraestrutura, Sandro Alex, acompanharam o leilão na sede da B3. Também ontem, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, Ratinho Junior inaugurou a ampliação da pista do aeroporto de Foz, que agora passa a ter 2.858 metros de extensão e poderá receber voos internacionais com aeronaves de grande porte.


Segundo o governador, “o Paraná se consolida com alguns dos aeroportos mais modernos do país, em especial os regionais como o de Foz do Iguaçu, que agora conta com a maior pista do Sul do Brasil”.

Últimas Notícias