Policial conta, em depoimento, como colega matou outro

22/02/2021


Lécio Tadeu dos Santos, que tinha 42 anos, foi baleado e morreu



Um cabo da Polícia Militar (PM) que estava no carro com dois soldados envolvidos em uma discussão que terminou com a morte de um deles, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, disse que tentou separar a briga antes do crime.


O cabo Altair Oliveira contou que trabalhava na mesma equipe que os dois soldados, que discutiram após o atendimento a uma ocorrência de roubo, na madrugada do dia 5 de fevereiro. O soldado Lécio Tadeu dos Santos, que tinha 42 anos, foi baleado e morreu. Ele estava desde 2007 na corporação.


O policial militar foi preso por homicídio e encaminhado ao batalhão da PM, em Piraquara, também na Região Metropolitana de Curitiba. No dia do crime, ele preferiu ficar calado durante interrogatório.

Publicidade

Últimas Notícias

6 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale