Polícia mira golpes imobiliários com prejuízo de R$ 2,5 milhões

07/06/2021


Grupo tinha uma empresa de fachada que vendia imóveis na planta e realizava construções ou reformas de imóveis



Na manhã desta segunda, dia 7, a Polícia Civil do Paraná cumpre quatro mandados de prisão e outros quatro de busca e apreensão. Investigação estima que 30 pessoas caíram em golpe de R$ 2,5 milhões, na Região Metropolitana de Curitiba.


Ao todo, quatro mandados de prisão e outros quatro de busca e apreensão são cumpridos nos bairros Centro Cívico, Seminário e Uberaba, em Curitiba, além de Fazenda Rio Grande, na RMC.


As investigações apontam que o grupo tinha uma empresa de fachada que vendia imóveis na planta e realizava construções ou reformas de imóveis.


Apesar disso, boa parte dos empreendimentos não saíram do papel. As construções iniciadas também não foram finalizadas, segundo a polícia.


Pelo menos oito pessoas foram alvos do golpe. As vítimas foram ouvidas pela Polícia Civil. As investigações estimam que outras 30 pessoas caíram no golpe, com prejuízo total de R$ 6 milhões.


De acordo com a polícia, as vítimas dos golpes pagavam valores expressivos aos suspeitos. Algumas obras deveriam ser entregues há mais de um ano.


Os suspeitos devem responder por organização criminosa e estelionato.


Foto: Polícia Civil


Siga nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/jornale.curitiba/


Fale com o Jornale, acesse: https://www.jornale.com.br/contato


Últimas Notícias