top of page

Polícia prende 779 pessoas por crimes contra mulheres em março

27/03/2024


Ao longo dos 27 dias, os policiais civis apreenderam 31 armas de fogo, 29 armas brancas e 447 munições




A Polícia Civil do Paraná prendeu 779 suspeitos de crimes cometidos no âmbito da violência contra as mulheres durante a Operação Átria, executada ao longo de todo o mês de março. A ação foi realizada sob orientação do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) com abrangência nacional e aconteceu simultaneamente em 229 municípios. Os focos foram combate a feminicídio, violência física, psicológica, patrimonial, moral e sexual contra mulheres e outras tipificações.

Ao longo dos 27 dias, os policiais civis apreenderam 31 armas de fogo, 29 armas brancas e 447 munições irregulares. Além disso, 4.610 boletins de ocorrência de violência doméstica e familiar foram registrados, 2.854 inquéritos policiais concluídos e 3.154 medidas protetivas solicitadas ao Poder Judiciário. Também foram realizados atendimentos às vítimas.

“Desde o dia 1º de março estamos realizando ações contra esses indivíduos relacionados aos crimes contra as mulheres, num esforço concentrado para concluir inquéritos e apurar crimes. Além disso, nas 183 unidades da Polícia Civil ainda estão sendo realizadas ações educativas com adolescentes e homens para que possam construir um futuro diferente”, afirma a delegada chefe da Divisão de Polícia Especializada, Luciana de Novaes.

A operação também promoveu ações educativas. Ao todo, 7,6 mil pessoas foram impactadas em palestras e panfletagens orientativas.

Commentaires


Últimas Notícias

bottom of page