Polícia de SP prende três suspeitos de envolvimento na morte do secretário Kusch

22/03/2022


As investigações estão avançadas e uma quadrilha estaria no alvo dos policiais



A Polícia Civil de São Paulo já prendeu três pessoas que podem ter envolvimento na morte do secretário de segurança de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, Ricardo Tadeu Kusch. De acordo com informações apuradas pela Banda B, as investigações estão avançadas e uma quadrilha estaria no alvo dos policiais. As prisões aconteceram na semana passada, porém a participação no crime ainda não foi confirmada.


Kusch morreu na noite do dia 6 de março depois de ser baleado ao sofrer uma tentativa de assalto na Marginal Pinheiros, em São Paulo, aos 44 anos.


De acordo com os relatos, ele seguia em uma motocicleta pela via, quando dois homens, também de moto, se aproximaram. O secretário, provavelmente percebendo que seria vítima de um assalto, acelerou, mas foi baleado ao menos duas vezes. Ele caiu e não chegou a sacar a arma pessoal que levava. A dupla fugiu levando a arma.


Visto americano

Ele estava na capital paulista para renovar o visto dos EUA. Ele pilotava uma moto BMW, bastante potente e estava sozinho na hora do ataque. Kusch deixou esposa e três filhos.


Últimas Notícias