PF faz operação para buscar documentos da Precisa relacionados ao caso Covaxin

28/10/2021


Após denúncias de irregularidades na CPI da Pandemia, contrato de R$ 1,6 bilhão foi cancelado



A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira, dia 28, uma operação para buscar documentos apresentados pela empresa Precisa Medicamentos para o Ministério da Saúde no processo da compra da vacina Covaxin.


A Precisa foi alvo da CPI da Covid, por ter intermediado a aquisição de 20 milhões de doses da Covaxin com o Ministério da Saúde, em contrato de R$ 1,6 bilhão com suspeita de pedido de propina, entre outras denúncias de irregularidades.


A operação desta quinta tem 11 mandados de busca e apreensão para serem cumpridos nas cidades de Brasília, São Paulo e Campinas.


Participam 50 agentes da Polícia Federal e 8 servidores da Controladoria-Geral da União.

Últimas Notícias