Ministro da Austrália cancela visto de Novak Djokovic

14/01/2022


Tenista sérvio não toou a vacina anticovid e pode ser deportado



A Austrália revogou nesta sexta-feira (14) o visto do tenista Novak Djokovic pela segunda vez devido à falta de vacinação do tenista, que é número um do mundo.


A decisão do ministro da Imigração, Alex Hawke, foi tomada por motivos de "saúde e ordem" e significa que ele pode ser deportado.


No entanto, o sérvio de 34 anos ainda pode entrar com outro recurso legal para permanecer na Austrália.


O número um do tênis masculino estava agendado para estrear no Aberto da Austrália, que começa nesta segunda-feira, dia 17.


"Hoje eu exerci meu poder... de cancelar o visto do senhor Novak Djokovic por motivos de saúde e ordem, com base no interesse público", disse o ministro, em um comunicado.

Últimas Notícias