Mãe é acusada de entregar bebê como garantia de pagamento a traficantes

10/06/2021


Usuária de drogas deixou a criança no local como "penhor"



Uma mulher de 28 anos é acusada de deixar o filho de dois meses em um ponto de tráfico de drogas como garantia para o pagamento de uma dívida em Pontes e Lacerda, cidade de 45 mil habitantes localizada a 487 km de Cuiabá, em Mato Grosso.


Segundo informações da polícia, a mãe é usuária de drogas e deixou a criança no local como “penhor” para os traficantes a quem devia dinheiro.


O abandono do bebê foi denunciado, de forma anônima, ao Conselho Tutelar da cidade. Conselheiros foram até o ponto de tráfico acompanhados de policiais militares e resgataram a criança.


Segundo declarações do policial Sandro Barbosa à RedeTV!, a mãe foi vista entrando no ponto de tráfico com a criança e, depois, saindo sozinha, o que despertou a suspeita de quem testemunhou a cena.


O bebê teria passado alguns dias na companhia de duas mulheres no ponto de tráfico. Após ser resgatada, a criança foi encaminhada para um abrigo da cidade. A mãe não foi localizada pela polícia. Ela também já foi detida por tráfico.


A mulher que teria abandonado o filho tem histórico de uso de drogas e já perdeu a guarda de outras quatro crianças. Antes mesmo resgate, que ocorreu nesta terça-feira (8), ela também havia perdido temporariamente a guarda do bebê de dois meses, sob a alegação de comportamento negligente.


Outros dois filhos dela foram encaminhados para adoção e um terceiro morreu com dois anos de idade.


Siga nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/jornale.curitiba/


Fale com o Jornale, acesse: https://www.jornale.com.br/contato

Últimas Notícias