Mônica Salmaso participa de bate-papo e fala da sua experiência

26/01/2021


Mônica falou sobre suas participações em edições anteriores do evento, sua carreira, suas técnicas e seu processo



As “aulives” da fase de MPB da 38ª Oficina de Música de Curitiba começaram na noite de segunda-feira (25/1) com a cantora Mônica Salmaso. Num bate-papo envolvente e animado, com a jornalista Roberta Martinelli e o violonista João Egashira, diretor artístico de música popular da Oficina, Mônica falou sobre suas participações em edições anteriores do evento, sua carreira, suas técnicas pessoais e seu processo de aperfeiçoamento vocal.


A cantora lembrou da sua estreia como professora de técnica vocal na Oficina de Música, em 1997, ainda no início de sua trajetória, a convite do maestro Roberto Gnattali, e também do show que realizou na programação daquele ano, ao lado de Paulo Belinatti. “Foi uma experiência muito bonita que se repetiu por alguns anos. Aprendi muito no sentido de entender como cada pessoa tem o seu jeito de trilhar o conhecimento”, disse.


Mônica Salmaso participou de outras edições da Oficina de Música e mantém as boas lembranças das suas vindas a Curitiba. “É apaixonante esse momento em que uma cidade fica invadida pela música. Está lá a cidade na sua dinâmica, enquanto a todo momento você encontra pessoas com seus instrumentos. Em cada canto tem um duo, um trio ou um músico estudando. Existe um estado de espírito na Oficina, com todo mundo se encontrando, aprendendo”, descreveu.


A “aulive” com Mônica Salmaso foi a primeira de uma série de encontros que vão acontecer até sexta-feira (29/1), das 19h às 20h, na programação da Oficina, sempre com transmissão pelo site do evento. Grandes nomes da MPB estarão participando.


Nesta terça-feira (26/1), o convidado é o cantor e compositor João Bosco. Quarta-feira (27/1) será a vez de Zeca Baleiro. Quinta-feira (28/1), a aulive será com Lenine. Sexta-feira (29/1), a série conta com o baterista Charles Gavin, e no sábado (30/1) a série encerra com o compositor Criolo.

As aulives consistem numa série de bate-papos com alguns dos mais significativos artistas da MPB. Não se trata de aulas formais, mas por meio de depoimentos desses artistas é possível aprender sobre música, cultura e arte. Também é convidada para mediar os encontros a jornalista Roberta Martinelli, apresentadora do programa Cultura Livre da TV Cultura e radialista da Rádio Eldorado de São Paulo.


Parceria


A 38ª Oficina de Música de Curitiba é uma realização da Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), com apoio máster da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. As organizações Família Farinha, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Consulado da República Argentina em Curitiba e Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo também apoiam o evento.

Serviço:

38ª Oficina de Música de Curitiba

Aulives (bate-papo) com grandes nomes da MPB

Terça-feira, 26/01, João Bosco

Quarta-feira, 27/01, Zeca Baleiro

Quinta-feira, 28/01, Lenine

Sexta-feira, 29/01, Charles Gavin

Sábado, 30/01, Criolo

Transmissão ao vivo, às 19h, pelo site www.oficinademusica.org.br/aovivo

Publicidade

Últimas Notícias

8 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale