Líder do Governo quer CPI sobre adiamento das provas

22/02/2021


Bakri afirma que é preciso investigar a suspensão do concurso



O deputado Hussein Bakri (PSD), líder do governo na Assembleia Legislativa, propôs a instalação de uma CPI para investigar a suspensão do concurso público da Polícia Civil do Paraná. Bakri considera “incompetência, inconsequência ou má-fé” a decisão tomada pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná poucas horas antes da prova, quando 106 mil candidatos – muitos de fora do Estado – já estavam em Curitiba.


“Até para não prejulgarmos ninguém, uma CPI se faz necessária. E que seja comandada pelos deputados da segurança pública, que têm capacidade e competência investigativa para ajudar o Paraná nesse caso. É muito grave o que aconteceu e estou sentindo o cheiro de sabotagem. É inadmissível expor às 5h42 problemas que deveriam ter sido colocados anteriormente. Inclusive, é preciso entrar em contato com a UFPR a respeito do concurso da Polícia Militar marcado para o mês que vem, para que não siga o mesmo caminho”, afirmou Bakri.


Para o concurso da Polícia Civil, estão abertas 400 vagas, sendo 50 para delegado, 300 para investigador e 50 para papiloscopista.

Publicidade

Últimas Notícias

6 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale