Justiça determina que suspeita de tentar levar bebê de maternidade de Curitiba seja solta

29/07/2021


Talita Meireles foi detida suspeita de subtração de incapaz quando tentava deixar hospital com recém-nascido



A Justiça determinou nessa quarta-feira, dia 28, que Talita Meireles - presa suspeita de tentar levar um bebê da maternidade do Hospital do Trabalhador, em Curitiba - seja solta.


Talita Meireles, de 23 anos, foi presa no dia 12 de julho tentando deixar o hospital com um bebê no colo.


O caso é investigado pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria). Talita é suspeita do crime de subtração de incapaz.


A suspeita está presa no Complexo Médico-Penal (CMP), em Pinhais.


Foto: Reprodução/Hospital do Trabalhador

Últimas Notícias