João Guilherme defende o bilhete temporal para ônibus

13/10/2020


Para o candidato do Novo, é preciso melhorar a integração



O candidato à Prefeitura de Curitiba Dr. João Guilherme (NOVO) propõe implantar o bilhete temporal no transporte público da cidade. A mudança facilita o deslocamento das pessoas, aumentando a integração e atraindo mais usuários. O bilhete estará ativo por um período, a ser definido, no qual o passageiro poderá trocar de linha em qualquer ponto da cidade.


“O bilhete temporal vai permitir o aumento da integração no transporte coletivo de Curitiba. As pessoas não precisarão ir até um terminal ou estação-tudo para fazer a baldeação”, afirma João Guilherme. “É muito comum uma pessoa que precisa usar os ônibus, para evitar mais gastos, se submeter a rodar pela cidade para trocar de condução apenas em um terminal. É uma perda de tempo e de produtividade”, diz o candidato do Novo.


Com a pandemia de Coronavírus e a previsível queda no volume de usuários no transporte coletivo da cidade, a Prefeitura pode repassar até R$ 200 milhões em ajuda às empresas que operam o sistema. “O contrato de concessão prevê que essas empresas não podem ter prejuízo. Isso é um absurdo, ainda mais porque não oferecem um serviço ideal. Vale lembrar que Curitiba tem a tarifa mais cara entre as capitais brasileiras”, afirma João Guilherme.

29 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest