Honda pede para deixar o Botafogo

28/12/2020


Meia japonês está tratando de lesão e prefere não continuar no Brasil



Com contrato renovado até o fim do Campeonato Brasileiro, Keisuke Honda não ficará no Botafogo. O meia japonês pediu para deixar o clube e deve encerrar sua passagem com a camisa alvinegra após 27 jogos e três gols. Uma conversa entre jogador e departamento de futebol ainda vai acontecer, mas o presidente eleito Durcesio Mello já foi comunicado.


Um dos motivos para o pedido é a lesão na coxa esquerda. Honda se machucou na partida contra o Coritiba, pela 26ª rodada, e a estimativa é de que só voltasse a atuar na reta final do Brasileirão.


Além disso, a situação do clube dentro e fora de campo não agrada o meia. Hoje, o Botafogo é o penúltimo colocado do Brasileirão, com 23 pontos, e enfrenta uma grave crise financeira. O jogador chegou a discordar publicamente de algumas decisões da atual gestão.


Honda tem proposta do futebol europeu e precisaria sair até o início de janeiro para encaminhar seu futuro longe do Rio. O meia ainda quer ter um tempo com a família, já que está longe desde fevereiro. A rescisão entre clube e jogador deve sair ainda nesta semana. O jogador deve postar uma explicação sobre sua saída em uma rede social.


Contratado pelo Botafogo em fevereiro deste ano, Honda foi recebido com festa por mais de 10 mil torcedores no Estádio Nilton Santos. Foi o único contato do japonês com a torcida, porque a estreia contra o Bangu, em março, já foi com portões fechados em razão da pandemia.

Publicidade

Últimas Notícias

27 de Fevereiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale