top of page

Homem é preso na Lapa acusado de exploração sexual infantil

22/03/2024

Polícia Federal contou com a ajuda da Interpol para identificar o indivíduo



A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (22), a operação “Diffidentia”, que tem por objetivo investigar e combater a exploração sexual de crianças e adolescentes.

 

A investigação teve início com informações obtidas junto a um indivíduo preso em Portugal, que mantinha contato com um cidadão brasileiro e com ele compartilhava imagens de abusos sexuais cometidos contra crianças e adolescentes.

 

Estas informações foram encaminhadas ao Brasil via INTERPOL, e a partir delas foi possível a identificação de um indivíduo residente no município da Lapa-PR, que abusava sexualmente de crianças, registrava as imagens destes abusos e compartilhava os arquivos com indivíduos residentes no exterior.

 

As crianças vítimas de abuso eram via de regra muito jovens, tendo a partir de aproximadamente 1 ano de idade, sendo que algumas das vítimas eram familiares e inclusive chegaram a residir com o abusador, tendo chamado atenção o fato de que foram identificados elementos indicando que parentes próximos das vítimas e do abusador suspeitavam que abusos estavam sendo cometidos, mas não tomaram nenhum tipo de providência a fim de evitar que os mesmos continuasse ocorrendo, resguardando assim a integridade física e psicológica das vítimas.

 

Com base nas investigações realizadas, foi expedido, pela Justiça Federal de Curitiba, um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em desfavor do indivíduo investigado, os quais foram cumpridos na manhã de hoje.

 

Sendo confirmada a prática dos delitos investigados, o suspeito pode responder pela prática dos crimes de estupro de vulnerável, produção, posse e compartilhamento de pornografia infantil, todos cometidos por diversas vezes, devendo-se ressaltar que os crimes de estupro de vulnerável e posse de pornografia infantil são considerados crimes hediondos.

 

O Conselho Tutelar da Lapa foi acionado e auxiliou no cumprimento das medidas, com a principal finalidade de acolher e fazer a avaliação e acompanhamento da situação das vítimas identificadas.

 

As investigações continuam em andamento, tendo como principal objetivo a identificação de outras vítimas de abuso, bem como de outras pessoas que possam ter, de qualquer forma, auxiliado na prática dos delitos, buscando-se ainda a identificação de outros crimes eventualmente relacionados.

Kommentarer


Últimas Notícias

bottom of page