Guedes garante auxílio se houver 2ª onda da Covid-19

12/11/2020


Ministro da Economia diz que pagamento é “certeza”



O ministro da Economia, Paulo Guedes, ressaltou ontem que se houver uma segunda onda de contaminações pelo novo Coronavírus no Brasil, o governo voltará a conceder o auxílio emergencial aos brasileiros em situação de vulnerabilidade econômica. “Se houver uma segunda onda, não é uma possibilidade, é uma certeza [que o governo vai pagar novamente auxílio emergencial]”, disse Guedes.


Mas ele enfatizou que considera “baixa” a probabilidade de nova onda de contaminações. De acordo com Guedes, o plano do governo é retirar o auxílio aos poucos até o final do ano. “Estamos retirando os estímulos, de R$ 600 baixa pra R$ 300 e depois aterrissa ali na frente numa versão Renda Brasil ou na própria Bolsa Família. Temos as duas possibilidades, é uma escolha política”, concluiu.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

23 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale