Greca diz que a prioridade no início do mandato é a vacinação

01/01/2021


Prefeito tomou posse para o seu terceiro mandato em Curitiba



Rafael Greca foi empossado para um novo mandato à frente da Prefeitura de Curitiba, de 2021 a 2024. Ele e Eduardo Pimentel foram reconduzidos aos cargos de prefeito e vice, respectivamente, após vencerem a eleição municipal com 59,74% dos votos válidos. Realizada logo após a posse da 18ª Legislatura da Câmara Municipal de Curitiba (CMC), a posse dos membros do Executivo ocorreu em sessão presidida pela vereadora mais votada, Indiara Barbosa (Novo), e secretariada por Tito Zeglin (PDT).


É a terceira vez que Rafael Greca administrará a cidade, pois ele foi prefeito de Curitiba de 1993 a 1996 antes de gerir o município no último ciclo político, de 2017 a 2020, ao lado de Pimentel. O feito foi destacado por Pier Petruzziello (PTB), líder do Executivo na CMC nos últimos quatro anos, que, reeleito, foi encarregado da saudação oficial do Legislativo ao prefeito. “Dos 65 prefeitos que Curitiba já teve, somente 9 chegaram ao cargo por meio do voto popular, o que torna a vitória dele ainda de mais louvor”, elogiou.


“Ao voltar a administrar a cidade, em 2017, aos 60 anos de idade, trouxe uma jovialidade à gestão que só cabeças privilegiadas conseguem. [Greca] garantiu à cidade prêmios nacionais e internacionais, fazendo de Curitiba uma das 6 cidades mais inteligentes do mundo. Ele não deixou que a capital fosse contaminada por um debate oportunista sobre um tema tão delicado [que é a pandemia do novo coronavírus]”, agradeceu Petruzziello.


Falando em “Imunização, já!”, o prefeito reeleito prometeu empenho na obtenção de vacinas para a população da cidade. “Vem aí um imenso esforço de saúde pública, que passa pela ideia de 'Imunização, já!'. Não pouparei esforços até o momento em que por primeiro todos os profissionais de saúde, depois todos os que prestam serviço público ao povo, e, sucessivamente, todos e cada um dos curitibanos, até chegarmos aos curitibinhas, possamos ser imunizados”, disse Greca.


Manifestando seu desejo de entregar ao seu sucessor uma Curitiba “melhor, mais bonita e mais justa”, Greca listou o que planeja entregar ao final deste novo ciclo de quatro anos. “Vem aí o Bairro Novo da Caximba, para apoio dos vulneráveis, com dinheiro em caixa da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). Foi aprovado, ontem, o Bairro Novo da Vila Divino, à beira do rio Atuba, no Norte da cidade. Vem aí o BRT do Inter 2, em 38 bairros, para ser um novo modal de transporte. Vem aí todas as transposições da Linha Verde e um ambicioso plano de iluminação pública, para estender a todos os bairros da cidade a luz [tipo] LED”, exemplificou.


Antes de falar do futuro, referiu-se ao passado, agradecendo à CMC pela aprovação do Plano de Recuperação, em 2017. “O que seria de nós, nesse tempo tão terrível, não houvera a cidade ter sido recuperada. Nós somos a única cidade do Brasil a ter um fundo de emergência. Fechamos todos os anos no azul, saímos do vermelho e entregamos a prefeitura melhor, mais bonita e mais justa do que nós a recebemos do nosso antecessor”, afirmou Greca. Pela primeira vez na história da cidade, a posse foi realizada, por medidas sanitárias, com controle de público e transmissão pela internet, via videoconferência.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

17 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest