Delegacia dá dicas de como não cair no golpe do WhatsApp

30/04/2021


A 38ª Delegacia Regional de Polícia emitiu nas redes sociais dicas para evitar cair no golpe do WhatsApp clonado



A prática tem sido muito utilizada, por isso, é de suma importância que se evite passar dados pessoais pelo WhatsApp ou telefone, fornecer senhas, clicar em links suspeitos e especialmente não transferir dinheiro para alguém antes de conversar pessoalmente com a pessoa que está pedindo o “favor”.


Uma das formas de prevenir um possível golpe é habilitar verificação em duas etapas. Basta abrir o aplicativo do WhatsApp, abrir configurações (android)/Ajustes (iOS), clicar em conta, configuração em duas etapas e ativar. A orientação é que jamais deve-se enviar para qualquer pessoa o código de 6 números que chega via SMS.


Sempre desconfiar de quem, mesmo em mensagens de perfil conhecido de familiares e amigos, alega problemas e pede transferência de dinheiro com urgência, pois geralmente quem está por trás é um golpista.


Como agiar após um golpe


É de suma importância avisar todos os contatos sobre o possível golpe. O ideal é divulgar por meio das redes sociais para um grande alcance e evitar que caiam no golpe. Além disso, enviar um email para o endereço eletrônico support@whatsapp.com.


No assunto deve constar “WhatsApp clonado” e no corpo do texto é necessário informar o número do telefone com DDD da região, relatar a descrição do ocorrido e solicitar a desativação da conta clonada. Após desativada, basta reinstalar o aplicativo no celular e ativar novamente a conta.

Últimas Notícias