Frischmann Aisengart oferece vacinas contra o vírus da influenza

08/04/2021


Proteção contra a gripe H1N1 ajuda a reduzir casos de infecções respiratórias



Além da pandemia pelo Covid-19, outro problema de saúde enfretado todos os anos pela população é a gripe H1N1, provocada pelo vírus influenza, que é altamente contagioso, especialmente nas épocas mais frias do ano. O laboratório Frischmann Aisengart recebeu as primeiras doses da vacina de gripe. Pacientes que tenham tomado a vacina da Covid-19 devem esperar 15 dias para aplicação de outro imunizante.


De acordo com a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), uma pessoa doente com a Covid-19 transmite o vírus, em média, a outras 2,74 pessoas. A taxa de transmissão do influenza H1N1 pode chegar a 1,5, o que é bastante elevado. Para Myrna Campagnoli, diretora médica do laboratório Frischmann Aisengart, a campanha da vacinação da gripe é extremamente importante para não aumentara sobrecarga do sistema de saúde e comprometer ainda mais a disponibilidade de leitos nos hospitais. “Estamos vivendo o pior cenário da pandemia da Covid-19, além dos altos números de óbitos, os leitos de hospitais estão com alta taxa de ocupação. A vacina da gripe pode evitar as formas graves da infecção pelo vírus influenza reduzindo a necessidade de atendimento hospitalar”, explica.


Diante desse cenário, o Laboratório Frischmann Aisengart, que integram a Dasa, iniciou a campanha de vacinação contra a gripe influenza em seus laboratórios da rede em Curitiba e Região Metropolitana. Está disponível a dose quadrivalente da vacina que protege contra quatro tipos de vírus: H1N1, H3N2, influenza do tipo B Victoria e do tipo B Yamagata. "A vacina da gripe não diminui o risco de contágio pelo novo coronavírus. Ela protege o paciente contra a infecção causada pelas cepas do vírus influenza que fazem parte da sua formulação. Essas são as cepas mais comuns neste ano. Outro aspecto positivo é que com menos infectados pelo influenza, menor a possibilidade de confundir sintomas de gripe como os de infecção por coronavírus e retardar as medidas de isolamento e cuidados", reforça Myrna Campagnoli.


A gripe é uma infecção do sistema respiratório, provocada pelo vírus da influenza, que circula o ano todo, tem fácil transmissão - pelo ar, por exemplo - e é responsável por elevadas taxas de hospitalização. Os sinais da doença começam com febre, dor no corpo e tosse seca. Normalmente, a evolução ocorre de um a quatro dias após o contágio. A infecção pode ser grave e levar à morte, principalmente nos grupos de alto risco - pessoas com mais de 60 anos, crianças menores de cinco anos, gestantes e doentes crônicos com diabetes, hipertensão ou imunodeficiência, que são mais vulneráveis ao vírus.


“Tomar a vacina uma vez por ano é a principal maneira de se prevenir contra a influenza e faz parte do nosso papel facilitar o acesso de todos à proteção, promovendo mais saúde e bem-estar à população”, afirma a diretora médica do Frischmann Aisengart.


Quem deve tomar a vacina da gripe


Toda a população, independente de se o e idade, deve tomar a vacina contra o virus influenza. Os grupos de maior risco devem procurar o quanto antes receber a dose da vacina:

• Idosos com mais de 60 anos

• Adultos com 55 a 59 anos

• Crianças de 6 meses a 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias)

• Gestantes

• Puérperas que deram à luz nos últimos 45 dias

• Trabalhadores da área de saúde

• Professores de escolas públicas e privadas

• Povos indígenas

• Portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas (veja mais abaixo)

• Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que estão sob medidas socioeducativas

• População privada de liberdade

• Funcionários do sistema prisional

• Profissionais de forças de segurança e salvamento (policiais e bombeiros, por exemplo)

A vacina é segura e eficaz no combate aos quadros graves da gripe é, por ser produzida com Vírus morto não é capaz de produzir doença mesmo nas pessoas mais vulneráveis.


Sobre FRISCHMANN AISENGART

Há 75 anos o Frischmann Aisengart oferece o que há de mais moderno em medicina diagnóstica, atuando com exames de análises clínicas, provas hormonais, exames genéticos, entre outros, além da aplicação de vacinas. Com mais de 40 unidades no Paraná, oferece diferenciais aos seus pacientes como o serviço de Coleta Domiciliar, agendamento on-line, pediatria com a turma do Scooby-Doo, entre outros. O laboratório Frischmann Aisengart integra a Dasa, líder brasileira em medicina diagnóstica e maior empresa do setor na América Latina, rede que processa 250 milhões de exames por ano, atendendo mais de 20 milhões de pessoas em todo o país, com um portfólio de mais 2.500 tipos diferentes de exames.

Últimas Notícias