Felipão é apresentado pelo Grêmio e projeta "grande desafio"

09/07/2021


Treinador de 72 anos diz que o momento é de dificuldades



Luiz Felipe Scolari está de volta ao comando técnico do Grêmio após seis anos. No início da tarde desta sexta-feira, Felipão foi apresentado em entrevista coletiva virtual e admitiu o grande desafio que será tirar o clube da crise, mas também se declarou por estar em casa.


Antes das perguntas dos jornalistas, Scolari foi saudado pelo presidente Romildo Bolzan Jr. e pelo vice-presidente Marcos Hermann. Em seguida, respondeu inúmeros questionamentos. Em um deles, falou sobre suas motivações para aceitar o convite de treinar o Grêmio.


O desafio é muito grande. Mas será que algo pode ser maior do que estar no Grêmio? Mas será que tem algo tão grande como ser gremista e estar dirigindo o Grêmio? Será que alguém sente o que eu sinto? Eu estou em casa"


O tamanho do desafio se dá por alguns fatores evidentes. O time é o lanterna do Brasileirão com apenas dois pontos e ainda não venceu na competição. Scolari prometeu que a primeira coisa que o elenco precisa é trabalhar e também cuidar da parte psicológica.


"Não posso dizer detalhadamente como vamos fazer para tirar o Grêmio dessa dificuldade. O que posso definir é que temos que trabalhar. Mas o que temos que fazer e já estamos fazendo, e acredito que já foi feito na manhã de hoje, é a mudança de pensamento, da parte psicológica. O entendimento é que somos um grupo de jovens e experientes, em que todos tem condições de jogar uma partida de futebol", comentou.


Luiz Felipe Scolari trouxe os auxiliares Paulo Turra e Carlos Pracidelli para formar sua comissão técnica. O interino Thiago Gomes completa a equipe, ocupando o cargo de auxiliar permanente.


Felipão assinou contrato com o Grêmio até o final de 2022 e já teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Assim, ele estreia no Gre-Nal deste sábado, às 16h30, na Arena, pela 11ª rodada do Brasileirão.

Últimas Notícias