Fase MPB terá oito dias de aulas, concertos e bate-papos on-line

06/01/2021


Por causa da pandemia do novo coronavírus, esta edição será inteiramente virtual



Uma programação com 25 cursos ministrados por 73 professores de renome nacional e internacional aguardam participantes e ouvintes do circuito MPB da 38ª Oficina de Música de Curitiba. Cursos, bate-papos e concertos começam no dia 24 de janeiro (domingo), uma semana após a abertura geral do evento, no dia 17 de janeiro. Por causa da pandemia do novo coronavírus, esta edição será inteiramente virtual, no formato EAD (ensino a distância).


“O formato muda mas permanece a essência da Oficina, que é oferecer ao público uma programação de excelência, com cursos, professores e concertos de qualidade”, observa o coordenador de MPB do evento, o violonista e maestro João Egashira.


Se em 2020 a Oficina de Música de Curitiba rendeu homenagens ao gênio alemão da música erudita Beethoven, este ano os homenageados são dois nomes da música popular de seus países: o bandoneonista e compositor argentino Astor Piazzolla e o acordeonista e também compositor brasileiro Dominguinhos, já falecidos. Em 2021 comemoram-se os 100 anos de nascimento do primeiro e os 80 do segundo. O tributo aos dois artistas acontecerá no início e no encerramento da fase MPB da Oficina.


Aulas para todos os públicos

Durante os oito dias de atividades desta etapa da Oficina, os inscritos na categoria Participantes poderão fazer até três cursos com músicos e pesquisadores musicais. Entre eles estão Cristóvão Bastos, Carlos Malta, Marcos Suzano, Nélson Farias, Paula Santoro, Marcos Pereira, Arismar do Espírito Santo, Léo Benon e Paulo Freire.

Cada turma poderá ter até 30 alunos, com aulas ao vivo e possibilidade de interação. Já os Ouvintes terão acesso às aulas gravadas. Os links serão informados com a formalização das inscrições, que poderão ser feitas até 10 de janeiro (domingo).


Isso vale para os interessados nas aulas de Música e Educação Musical Inclusivas, desta vez dirigidas a pessoas com autismo, deficiência visual e auditiva.


Coordenados pelo músico e professor Luiz Amorim, os cursos visam oferecer estratégias para ampliar as possibilidades dos sentidos do público em geral e terão como convidados os professores Radamir Sousa e Liana Monteiro.


Concertos e bate-papos

Para quem estiver na plateia virtual, a programação também será variada. Além de concertos ao vivo em três faixas de horários - como o da Orquestra à Base de Corda com o acordeonista Mestrinho, no show de encerramento - haverá uma série de bate-papos com cantores e instrumentistas.


Durante 1 hora, conversarão sobre seus trabalhos e a MPB Lenine, Zeca Baleiro, João Bosco, Mônica Salmaso e Charles Gavin. A mediação ficará a cargo da apresentadora de programas culturais Roberta Martinelli e de João Egashira.


Parceria

A 38ª Oficina de Música de Curitiba é uma realização da Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (Icac), com apoio master da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.


As organizações Família Farinha, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Consulado da República Argentina em Curitiba e Embaixada e Consulados dos Estados Unidos da América no Brasil também apoiam o evento.


Serviço:

38ª Oficina de Música de Curitiba

Edição on-line

de 17 a 31 de janeiro de 2021

www.oficinademusica.curitiba.pr.gov.br

Inscrições até 10 de janeiro

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

23 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale