Empresas com tradição no ramo do entretenimento se unem para formar a Feel Alive Co.

14/03/2022


A meta de faturamento para 2022 é de R$ 90 milhões, reunindo todas as operações da Feel Alive Co; O grupo quer mostrar para o mercado o potencial de negócios voltados a jovens universitários



Dados da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape) indicam que o setor pode movimentar mais de R$ 200 bilhões por ano no país. Essa estimativa, aliada à forte retomada prevista para o segmento no pós-pandemia, levou cinco empresas com tradição no ramo a se unirem para montar o grupo Feel Alive Co. A holding tem como objetivo mostrar para a indústria de entretenimento o potencial que o mercado voltado aos jovens universitários possui.

O grupo engloba cinco verticais: Formô (formaturas), Criativa (jogos e eventos universitários), Atmosfera (entretenimento) e duas especializadas em foto e filmagem, Cena5 e Revelô. Ao reunir essas operações de forma estratégica, a Feel Alive Co. se torna o principal nome do segmento jovem no Brasil. Trata-se de case inovador, visto que não há, atualmente, nenhum player no país que atue nesse formato de “360 graus”, pois as operações costumam ser nichadas – somente formaturas, eventos ou soluções para o setor, por exemplo.

Chief Financial Officer (CFO) da Feel Alive Co., André Biazzo explica que o grupo busca consolidar uma base de jovens consumidores das empresas subsidiárias, com a realização de cases interessantes de entretenimento para atrair a atenção de grandes marcas para o segmento, como já ocorre nos Estados Unidos em produtos como a National Collegiate Athletic Association (NCAA), associação composta por diversas organizações que organizam a maior parte dos programas de esporte universitário no país.

“A ideia é ampliar os produtos para o show business, trabalhando também com labels, shows e agenciamento artístico, para que nosso público-alvo continue tendo uma experiência positiva e siga como consumidor dos nossos produtos mesmo após se formar na universidade”, comenta o CMO.

Para Biazzo, a retração de dois anos vivenciada pelo setor durante a pandemia de Covid-19 fomentou nos jovens uma “sede” por entretenimento, o que irá impulsionar os negócios nesse período de retomada, tanto que o grupo já possui contratos para a entrega de 350 eventos em 2022, pelas unidades de negócio Formô em São Paulo (SP), Campinas (SP) e Curitiba (SP). A meta de faturamento da Holding para o ano corrente é de R$ 90 milhões, reunindo todas as operações da Feel Alive Co.

“O setor de entretenimento é uma oportunidade gigante para marcas nesse momento em que as pessoas estão moldando seus comportamentos de consumo. A crise sanitária fez com que o mercado como um todo reduzisse suas atividades. Foi quando nos reunimos em torno desse projeto e começamos a planejar uma grande virada para quando as cortinas abrissem novamente”, pontua Biazzo, acrescentando que o grupo conta com 122 colaboradores atualmente, alocados em todas as operações da holding.

Macrodivisões – A Feel Alive Co. opera em duas macrodivisões. A primeira é a companies, mais voltada ao B2C (business-to-consumer), com as verticais de shows, formaturas, eventos universitários, artistas, foto e filmagem e bares, com um estúdio de análise de tendências. Já a solutions tem como foco o B2B (business-to-business) e soluções internas, buscando atender também, de forma estratégica, parceiros e investidores. Essa segunda divisão possui as seguintes áreas de suporte: Feel Media, Feel Music, Feel Projects e Feel Tech.


Últimas Notícias