Em noite gelada, Prefeitura acolhe 1.275 pessoas em situação de rua

11/06/2022


Equipes da FAS acolheram pessoas em situação de rua na noite desta sexta-



Equipes da Prefeitura de Curitiba acolheram 1.275 pessoas em situação de rua na noite desta sexta-feira (10/6) e madrugada de sábado (11/6), primeira noite de mais uma onda de frio que chegou ao Estado. Com a previsão de temperatura mínima de 5 graus, a Fundação de Ação Social (FAS), responsável pela Ação Inverno – Curitiba que Acolhe, intensificou o serviço de abordagem e oferta de acolhimento para essa população.


Durante toda a noite, as equipes de educadores sociais fizeram 234 abordagens sociais a pessoas que estavam nas ruas desprotegidas, 85 delas solicitadas à Central 156. O restante das abordagens foi feita em busca ativa, em toda a cidade, estratégia adotada pela FAS sempre que há previsão de temperaturas abaixo de 8 graus.


As chamadas ações intensificadas, já programadas em função de previsão de queda da temperatura, complementam o trabalho de abordagem que é realizado 24 horas por dia, de segunda-feira a domingo.


Comida e cama quente

Apesar do frio, 75 pessoas aceitaram ir com as equipes para as casas de passagem, onde podem fazer higiene, receber roupas limpas, se alimentar e dormir protegidos. Outras 150 recusaram atendimento e preferiram ficar nas ruas. As demais pessoas acolhidas na noite, já vêm sendo abrigadas permanentemente pelo município.


Abordado na Praça Generoso Marques, Centro, Romildo, 57 anos, aceitou acolhimento e foi encaminhado para a Casa de Passagem Padre Pio, no Rebouças. Sem dinheiro, disse que precisou deixar o hotel que dormia, nesta sexta-feira. “Eu trabalho com construção civil, mas sem emprego fixo, vivo de bicos”, contou o homem que já precisou dos serviços de acolhimento da FAS, em 2021.


Para evitar o risco de hipotermia, as equipes distribuíram 22 cobertores para aqueles que recusaram acolhimento e estavam pouco agasalhados.


Durante a noite, três pessoas decidiram retornar para suas famílias, depois de conversar com a equipe da FAS e três adolescentes, que já são acolhidos pelo município, foram encontrados na rua e levados novamente para as unidades onde são atendidos.


Três animais de estimação também foram acolhidos junto com seus tutores. Eles são transportados em caixas especiais existentes em todas as Kombis do Resgate Social e dormem em canis, onde também recebem ração e água, além de terem cobertores para se aquecer.

Últimas Notícias