Duas passarelas são construídas sobre a Linha Verde

13/02/2021


A passarela facilitará o translado entre Bairro Alto e Bacacheri


Foto: Ricardo Marajó/SMCS

A Secretaria Municipal de Obras Públicas está coordenando a implantação de duas novas passarelas metálicas sobre a Linha Verde. Uma das estruturas fica em frente à Praça Cova da Iria e ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima em ligação com a Rua Maria Ficinska, no Tarumã, e substituirá a antiga passarela de concreto que há no local oferecendo mais segurança aos pedestres.


A outra liga Bairro Alto e Bacacheri, nas proximidades do encontro com as ruas Dante Angelote e Coronel Francisco de Paula Moura Britto, em lados opostos da Linha Verde. A região será favorecida com estações-tubo do sistema de transporte coletivo, o que aumentará o ir e vir de pessoas que terão melhores condições de atravessar de um lado a outro da via.


Nesta sexta-feira (12/2), os serviços no Tarumã estavam no estágio de construção das bases metálicas que darão sustentação à nova passarela. As fundações de concreto já estão prontas e, de acordo com o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, a obra será concluída em até quatro meses.


“A montagem da passarela será feita em partes, que serão interligadas no local e sobre as bases que estão sendo montadas. Em conjunto serão providenciados os acessos em ambos os lados e acredito que entre maio e junho já poderemos liderar para que as pessoas utilizem a estrutura”, explicou Rodrigo Rodrigues.


O trabalho está mais próximo de acabar na passarela que facilitará o translado entre Bairro Alto e Bacacheri, onde nesta sexta-feira (12/2) estavam sendo feitas a instalação elétrica de iluminação e a construção das partes em alvenaria, como as rampas de acesso para cadeirantes. Ainda será colocado guarda-corpo, mas, segundo a previsão da Secretaria Municipal de Obras Públicas, no fim do mês de março a passarela estará pronta.


“As passarelas são estruturas importantes, que asseguram aos pedestres a travessia sem risco sobre a Linha Verde, uma via de trânsito intenso e constante de veículos”, avaliou Rodrigo Rodrigues.

Últimas Notícias