Domínio Solar evita que quase 4 mil toneladas de CO2 sejam emitidos na atmosfera

18/01/2022


A Domínio Solar, por exemplo, registrou um crescimento de 400% no número de clientes em 2021



Mais do que uma tendência, a ESG já é uma realidade em diversas empresas do Brasil e a procura por energia limpa passou a ser motivada pela conscientização ambiental e não apenas pela economia financeira. Esta preocupação pode ser evidenciada no marco de 3838 toneladas de CO2 que os clientes da Domínio Solar (empresa integradora de soluções em energia) deixaram de emitir na atmosfera nestes seis anos de atuação. O número corresponde ao resultado de mais de 100 empresas e residências e equivale ao plantio de 16 mil árvores.


Segundo o CEO da Domínio Solar, César Augusto, a sustentabilidade virou um requisito na hora das pessoas escolherem um produto ou serviço. “O brasileiro está cada vez mais consciente da importância de preservar o meio ambiente, principalmente as novas gerações, como os Millennials e a Geração Z”, afirma.


O fato é que o impacto socioambiental passou a estar na lista de prioridades do consumidor, o que virou um grande motivador para as empresas investirem em energia limpa. A Domínio Solar, por exemplo, registrou um crescimento de 400% no número de clientes em 2021. Os financiamentos bancários também estão sendo grandes atrativos para as empresas se adequarem à esta tendência.


O CEO acrescenta que um dado que chama a atenção é que os clientes da Domínio Solar em 2021 foram, na maior parte, pequenas e médias empresas. “Isso mostra que o ESG está cada vez mais consolidado no país e que não é uma prática exclusiva dos grandes players do mercado”, destaca.


A Domínio Solar é responsável por todos os projetos de engenharia, assessoria na escolha das áreas e dos equipamentos, além do desenvolvimento do local de implantação, instalação, homologação nas concessionárias de energia e pós-vendas (monitoramento, limpeza e manutenção).


Últimas Notícias