Deputado pede revogação da cessão das rodovias estaduais

18/05/2022


Chiorato apresentou proposta para revogar a lei



O deputado Arilson Chiorato (PT) protocolou nesta quarta-feira (18) um projeto de lei (PL) na Assembleia Legislativa do Paraná pedindo a revogação da cessão das rodovias paranaenses ao Governo Federal, responsável por implantar o novo pedágio no Paraná. Um dos principais motivos é a alta dos preços, que chega a 30%, antes mesmo do leilão, aliada à falta de transparência e acesso à informação, segundo o parlamentar.

A cessão das rodovias paranaenses para integrar o novo projeto do pedágio aconteceu em agosto do ano passado com a aprovação da Lei n° 20.668, de 19 de agosto de 2021, que cedeu à União, por um prazo de até 30 anos, a administração das rodovias e a exploração de trechos ou obras rodoviárias estaduais.

“Não temos acesso às informações necessárias para acompanhar esse processo, que vai impactar a vida de todos que moram e trabalham no Paraná. A última novidade, que acompanhamos pela imprensa, é uma alta de 30% no valor da tarifa, o que vai deixar o pedágio mais caro de imediato”, alerta o deputado Arilson.

Últimas Notícias