Defesa Civil e hospitais programam exercícios simulados de emergência

16/06/2022


Prática foi interrompida durante o período de pandemia



Representantes da Defesa Civil Municipal e de hospitais da capital estiveram reunidos nesta quarta-feira (15/6) para discutir o retorno das atividades presenciais do Plano de Auxílio Mútuo dos Hospitais (PAM – Hospitais). Desde o início da pandemia, as visitas e os exercícios de simulação nos ambientes hospitalares haviam sido suspensas.


Ao todo, 16 hospitais participaram do encontro que resultou na elaboração de um cronograma de visitas e simulados para o segundo semestre. A primeira instituição voluntaria a participar é o Hospital das Nações, que fará um simulado em agosto.


“É a primeira vez que vamos fazer o simulado com o apoio da Defesa Civil. Nós já fizemos internamente e aprendemos com as dificuldades. Agora a expectativa é de que a gente cresça e aprenda mais, além da oportunidade de testarmos se estamos realmente preparados”, diz a técnica de segurança do trabalho do Hospital das Nações, Priscila da Silva Cruz.


Representante dos hospitais Cajuru e Marcelino Champagnat, o técnico de Segurança do Trabalho Emerson Luiz Ludovico diz que o plano traz resultados práticos no cotidiano da sociedade e para as pessoas que são atendidas pelos hospitais. “Nós vemos casos de acidentes no Brasil como incêndios que acabam com vítimas por falta de preparo e conhecimento”, opina ele.


Integração

Segundo o coordenador da Defesa Civil de Curitiba, Nelson Ribeiro, o PAM-Hospitais é uma ação inovadora, que oferece oportunidade de trocar experiências e ampliar a formação das instituições. Além disso, visa elaborar protocolos de atendimento que atendem as necessidades das instituições que possuem suas especificidades.


“Precisamos conhecer de perto a realidade de cada instituição e simular, pois quanto mais treinarmos, mais aptos estaremos diante de qualquer evento adverso”, afirmou o coordenador.


Ribeiro reforçou também a importância de integrar o plano, que hoje conta com mais de 20 instituições hospitalares credenciadas. “O hospital que não integra o PAM faz o simulado apenas com a sua instituição, já quem faz parte do PAM conta com a contribuição da Defesa Civil, Guarda Municipal, Samu, Corpo de Bombeiros”, explica o coordenador.


Reconhecimento Nacional

Em 2021, o Plano PAM-Hospitais foi reconhecido nacionalmente como uma boa prática pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), sendo referência para outros municípios do país.


Instituições interessadas em integrar o plano podem entrar em contato com a Defesa Civil pelo e-mail defesacivil@curitiba.pr.gov.br.

Últimas Notícias