Curitiba registra aumento no número de focos de mosquito da dengue

04/02/2022


Agentes de Combates às Endemias identificaram 90 focos positivos de Aedes



A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba alerta para o aumento no número de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika e Chikungunya, registrados no primeiro mês do ano.


Em janeiro, os Agentes de Combates às Endemias identificaram 90 focos positivos de Aedes, número três vezes maior com relação ao ano anterior quando foram identificados 26 focos ao longo do mês.


A coordenadora do Programa Municipal de Controle do Aedes da SMS, Tatiana Faraco, explica que embora seja identificada a presença do mosquito, isso não significa que eles estejam contaminados, mas mesmo assim a situação preocupa.


Segundo Tatiane, a preocupação é o mosquito entrar em contato com uma pessoa que veio com a doença de outra cidade, se isso acontece o mosquito passa a carregar o vírus e pode transmitir para outros moradores da região.

Últimas Notícias