Curitiba já tem 99 hortas urbanas com apoio da Prefeitura

07/12/2020


Nos últimos quatro anos a capital ganhou 39 hortas urbanas


Foto: Luiz Costa/SMCS

Quatro novas hortas urbanas foram inauguradas em Curitiba e passaram a ter o apoio da Prefeitura entre julho e novembro de 2020. Espaços de cultivo foram abertos no Moradias Augusta B (CIC), Moradias Marumbi 2 (Uberaba), Unidade de Atendimento Institucional Cajuru 24 Horas e no Butiatuvinha. Juntos, os espaços reúnem 160 agricultores urbanos em uma área total de 4.557 m². Ao todo, 825 pessoas são beneficiadas com alimentos, entre produtores, familiares e vizinhos.


Nos últimos quatro anos, durante a gestão do prefeito Rafael Greca, a capital ganhou 39 hortas urbanas para cultivo de alimentos frescos, que se espalham por terrenos comunitários, escolas, asilos e casas de recuperação.


O secretário municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), Luiz Gusi, explica que o município dá apoio às hortas urbanas através de orientação técnica permanente aos produtores, auxílio no preparo dos canteiros e fornecimento de mudas de hortaliças. “Atualmente, a Prefeitura dá apoio a um total de 99 hortas. Muitos dos terrenos antes eram tomados pelo lixo, mas hoje são locais de cultura de alimentação orgânica, sem agrotóxico”, reforça ele.


Para quem cuida desses espaços, cada horta que nasce é um lugar de bem-estar e vida saudável. “Pra muita gente vir aqui na horta é uma terapia. Pessoas que estavam depressivas, outras com problemas de saúde e que ao virem cuidar dos canteiros, regar e mexer na terra, passaram a se sentir melhor”, conta Juarez Alves Ferreira, 51 anos, coordenador da horta comunitária Augusta B, no CIC, espaço cedido em parceria com a Copel e que reúne 51 produtores.


Na horta Marumbi 2, os 40 participantes cultivam para consumo das famílias, doam os alimentos colhidos e vendem alguns a preços acessíveis para manter os cuidados com a horta. “Aqui o dia de maior movimento é no domingo pela manhã. O pessoal vem buscar o alimento fresco pro almoço”, conta Olívio Dias Chagas Neto, 56 anos, coordenador do local. “O mais legal é ver a interação das pessoas. Cada um cuidando da sua horta, trocando alimentos e doando. Facilita o clima de amizade”, acrescenta ele.


As hortas na Unidade de Atendimento Institucional Cajuru 24 Horas e no Butiatuvinha têm, respectivamente, 40 e 29 agricultores urbanos.


Quase 100

Hoje, o município dá apoio através do Programa de Agricultura Urbana da SMSAN a 99 hortas urbanas que ocupam 157,5 mil metros quadrados, entre espaços comunitários, em escolas e institucionais (em casas de idosos e de apoio a dependentes, por exemplo). São 5,7 mil produtores participando diretamente do plantio e 17,9 mil pessoas sendo beneficiadas com os alimentos.


Só nos últimos quatro anos, foram inauguradas em bairros como CIC, Pinheirinho, Alto Boqueirão, Sítio Cercado, Uberaba, Guaíra e Tatuquara, bem como foram revitalizados nove espaços já existentes.


O bairro do Caximba deve receber, ainda este ano, a 100ª horta urbana com apoio da Prefeitura.

Últimas Notícias