Cultura, auto-educação e entretenimento: lives e vídeos diversos para assistir durante a pandemia

29/03/2021


Tivemos que mudar muitos dos nossos hábitos e rotina



Já faz um ano que a vida no mundo inteiro mudou radicalmente e mesmo as pessoas mais caseiras tiveram dificuldades para lidar com este mundo pós pandemia. Tivemos que mudar muitos dos nossos hábitos e rotina, o modo como as pessoas no globo todo vinham fazendo as coisas há décadas. Com o modo de informar e de entreter não foi diferente.


Nas primeiras semanas da pandemia, os músicos brasileiros ficaram desolados já que seu ganha pão não era um serviço essencial. Milhares de membros de equipe de shows que atendiam músicos  viram seu sustento enfraquecido pela falta de trabalho. Surgiu ali um movimento por parte dos próprios grandes cantores: a iniciativa de manter a agenda de concertos ativa por meio de lives no Youtube.


Para quem não tinha as melhores smart tvs e não aguentava segurar os tablets por uma ou duas horas de live do Chitãozinho e Xororó ou da Ivete Sangalo, apareceu a opção de instalar uma TV Box, que são aqueles adaptadores que transformam a TV normal em uma smart em segundos.


O ano é 2021 e a coisa não está muito diferente. Outras redes sociais, como o Instagram, aderiram à modalidade e o que não faltam são fontes de entretenimento, formação e informação ao toque de um story, com a vantagem de que os programas ficam gravados depois. Seguem então dicas do que podemos ficar de olho e acompanhar nos celulares, tablets e até nas TVs .


Para quem gosta de reformas


Já maratonou a playlist dos Irmãos à Obra hoje? Além desse grande sucesso do Discovery Home & Health, você sabia que pode encontrar canais brasileiros no Youtube nessa linha? Pode começar com o “Casal à Obra”, canal da Júlia e do Gui sobre obras no estilo DIY com várias dicas e parcerias, mostrando o passo a passo de pergolados, reformas de ambientes e até de uma piscina feita do zero! Você também pode querer seguir a Maddu Magalhães, super talentosa, o Ricota Não Derrete, com várias dicas de reutilização e o Eduardo Wizard, que não fica para trás.


Ainda nessa linha de fazer as coisas com as próprias mãos, você já ouviu falar do movimento de sobrevivencialismo? São pessoas, muitas vezes famílias, que além de erguer casas, constroem móveis, plantam e estocam alimentos, criam animais para consumo e tentam sobreviver ao máximo do que cultivam, criam e produzem. A Família X e a Família Lobo são feras nisso. O canal Sobrevivencialismo também é pioneiro nisso.


Cuidando das plantas


Não aguenta mais ir ao mercado e precisar escolher os horários em que não está tão cheio, usar máscara o tempo todo, se lambuzar de álcool o tempo todo só para encher sua cesta de legumes? Pode juntar o útil ao agradável e aprender a construir uma pequena horta (ou grande, por que não?), no quintal da sua casa ou em um cantinho na sua cozinha. Desde que seja um lugar onde bata alguma luz solar, pode começar a seguir a Carol Costa do Minhas Plantas, pegar umas dicas com o Teo Garden e com o Refúgio Green também.


Mídia para só sentar e relaxar


Já tentou mexer nas plantinhas e não achou tão gratificante? O que acha de ouvir sons relaxantes para descansar? Os canais de ASMR têm milhares de vídeos que podem causar sensações de arrepio, nojo ou uma estranhíssima satisfação enquanto ouvimos sussurros, clicar de unhas e outros sons inusitados. Mas não para aí. O apelo visual é grande e você pode se assustar com a delícia de assistir massinhas de modelar sendo amassadas, slimes espremidos, massas de areia manipuladas e até cravos extraídos.


Melhores Stand-ups


Se você é do tipo que gosta de humor de palco, já deve conhecer muitas feras do stand-up e morrer de rir com eles. Gente muito boa de humor como o Afonso Padilha, Thiago Ventura, Murilo Couto, Nando Viana, Criss Paiva e muitos outros estão frequentemente com o palco montado no Youtube com vídeos curtos ou especiais mais longos com mais de uma hora de duração que certamente vão te fazer esquecer da saudade das aglomerações um pouquinho.


Dê uma chance aos Podcasts


Se você é mais old school e gosta de ouvir um papo descontraído e conhecer curiosidades sobre pessoas bastante conhecidas contadas por elas mesmas, vai gostar dos canais de podcast. Transmitidos ao vivo e depois gravados, existem vários tipos de podcast, sobre filmes, tecnologia, livros e quadrinhos, religião, política etc. Mas os queridinhos da vez são os podcasts feitos com os próprios youtubers e não falta conteúdo: eles podem durar até 4 horas de bate-papo. Entre os mais famosos, você vai encontrar o Flow Podcast, o Inteligência Ltda., e o Podihhcast. E vários outros canais com “cortes”, ou seja, somente trechos de até 15 minutos, bastante estratégicos, que vão te fazer querer ver o vídeo inteiro mais tarde.


Não se esqueça dos livros


A leitura ainda é a principal ferramenta para adquirir cultura em qualquer época. Esse tempo todo em casa é uma chance de colocar sua leitura em dia. Se você não é do tipo que gosta de ler, não fará mal tentar começar. Pense em filmes que você gosta que foram adaptados de livros e tente iniciar seu caminho nos livros por aí. O resultado pode ser, na pior das hipóteses, ter algumas horas de diversão.


Acho que ficou claro que não falta o que fazer diante do tédio de ficar na frente da televisão, enfiado em casa o dia inteiro. Lives de música, de entrevista, vídeos para relaxar ou para aprender estão salvando a sanidade de muita gente nesta quarentena e dando ideias e motivação para fazer e conhecer coisas diferentes há um ano! Só não vá se esquecer de colocar a carinha no sol um pouco porque a tela da TV não emite vitamina D.

Últimas Notícias