Coritiba pede anulação de cartão vermelho para Wilson

09/02/2021


Goleiro foi expulso após se adiantar em cobrança de pênalti



O Coritiba entrou no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com Medida Inominada solicitando a anulação do segundo cartão amarelo aplicado ao goleiro Wilson, na partida contra o Fortaleza, pela Série A do Campeonato Brasileiro 2020. De acordo com o Coritiba o árbitro errou e não aplicou o que prevê a regra 14 do Livro de Regras do Futebol. O clube pede ainda, através de liminar, a liberação do atleta para atuar e não cumprir a suspensão automática. A Medida Inominada foi encaminhada nesta segunda, dia 8 de fevereiro, para o presidente do STJD do Futebol, Otávio Noronha.


Na partida contra o Fortaleza, realizada no ultimo dia 4, o goleiro Wilson recebeu o segundo cartão amarelo aos 49 minutos do segundo tempo aplicado pelo árbitro Anderson Daronco e foi expulso da partida “por se adiantar antes da execução de um tiro penal e defendê-lo”.


Para o Coritiba o pedido de anulação de cartão possui por fundamento a aplicação errônea das Regras do Jogo por parte do árbitro da partida, quando houve a aplicação de advertência com cartão amarelo. A Regra 14 do Livro de Regras do Futebol trata exatamente do Tiro Penal e prevê apenas a advertência verbal.

Publicidade

Últimas Notícias

4 de Março de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais Certificados

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale