Conselho busca incluir mais mulheres nas atividades de TI no Paraná

08/03/2021


Evento de lançamento será realizado via YouTube da Assespro-PR, dia 10 de março



A regional do Paraná da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-Paraná) quer ampliar a atuação das mulheres nas atividades de inovação no estado. Com o intuito de desenvolver ações neste sentido, a entidade cria, em 2021, o Conselho Consultivo de Mulheres em Tecnologia, que já começa a definir um planejamento estratégico para o ano.


A presidência do grupo está a cargo de Cris Alessi, que também é presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação (órgão público municipal), do Conselho Municipal de Inovação e do Fórum Inova Cidades. Com ela, atuarão seis conselheiras (nomes ao final desta matéria), representantes da academia (Universidade Federal do Paraná), de empresas e de instituições como a ONU Mulheres – entidade da Organização das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero.


Cris Alessi sublinha que o percentual de mulheres entre profissionais de tecnologia da informação (TI) ainda é muito baixo, tanto no Paraná como em escala nacional. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de cada dez profissionais do setor, apenas duas são mulheres. Proporção semelhante à verificada no mercado paranaense: elas são 18% do total, conforme levantamento da Universidade Federal do Paraná (UFPR).


Aprofundar-se no conhecimento desse cenário, promover eventos, debates e outras ações que incluam as mulheres no setor e fomentar e apoiar programas de diversidade nas empresas de base tecnológica no Paraná estão entre as iniciativas listadas pelo Conselho Consultivo de Mulheres em Tecnologia, explica Cris Alessi.


Uma ação elementar, observa a presidente do Conselho, é proporcionar a participação de jovens mulheres em cursos e outros programas de formação e capacitação continuada. “Precisamos apoiar e conectar as empresas de tecnologia aos programas de formação de mulheres na área”, pontua Alessi.


O Conselho pretende mobilizar e articular ações semelhantes com regionais da Assespro-PR em outras unidades da federação, bem como com outras organizações da sociedade. O grupo está desde já designado também a ser representante da Assespro-PR em seminários, eventos, fóruns e outros espaços que tenham como tema a igualdade de gênero.


O primeiro evento promovido pelo Conselho será realizado no dia 10 de março, às 17 horas. Uma live gratuita através do YouTube da Assespro-PR (https://www.youtube.com/user/assespropr) apresentará todas as conselheiras, explicará os motivos da criação desta nova frente e contará com a presença internacional de Pedro Borio, embaixador do Canadá.


Confira os nomes que compõem o Conselho Consultivo de Mulheres em Tecnologia, da Assespro-PR:


Cris Alessi. Presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação (órgão público municipal), do Conselho Municipal de Inovação e do Fórum Inova Cidades.

Marcia Beatriz Cavalcante. Presidente da Curitiba Angels, Pós-Doutora pela Universidad Politecnica de Madrid, Ph.D em Gestão da Inovação, mestre em engenharia de software pela McGill University (Montreal), atuando em projetos de transformação digital do governo.

Elenice Novak. Professora da Universidade Federal do Paraná; docente de disciplinas de Gestão de Projetos e de Inovação Tecnológica; avaliadora de projetos inovadores.

Margaret Mussoi Luchetta Groff. Consultora da ONU Mulheres para WEPs. Engenheira, fez carreira na Itaipu Binacional.

Carolina Strobel. Primeira líder mulher do time da Redpoint eventures.

Mariana Foresti. Sócia da Honey Island Capital. Conselheira de empresa associada à Assespro-PR.

Rafaela de Campos Benatti. Suplente de diretoria na Subseção da Assespro-PR em Maringá.

Anaide Inês Holzbach de Araújo. Diretora da Subseção da Assespro-PR Oeste.

Últimas Notícias