Chuvas foram abaixo da média e rodízio será mantido

01/03/2021


Reservatórios da RMC estão com 49,7% da capacidade



Curitiba voltou a ter um desempenho de chuvas abaixo da média histórica em fevereiro. O volume acumulado foi de 78,2 mm ante uma expectativa de 147,9 mm (apenas 52,8% do esperado).


Em razão da estiagem, a cidade convive um severo rodízio desde o começo do ano passado, com intervalos de abastecimento de 36 horas atualmente. De acordo com a Sanepar, o volume de chuvas não foi suficiente para garantir um crescimento constante e confiável do nível dos reservatórios do Sistema de Abastecimento de Curitiba e Região Metropolitana. O índice neste início de março é de 49,73%, ainda abaixo dos 60% considerado estratégico e seguro para que haja qualquer modificação no sistema de rodízio.


Também segundo a companhia de abastecimento, as ações de incremento às barragens com captações emergenciais e a economia gerada pelo rodízio e pela população permitiram que a Sanepar armazenasse 46,6 bilhões de litros de água desde o início do rodízio, em março do ano passado, até fevereiro deste ano. Ainda assim, é necessário economizar.

Últimas Notícias