Carga do vírus no esgoto é a maior desde janeiro

31/05/2022


O estudo da UFPR apontou um aumento de 157% na presença do vírus



A Rede Monitoramento Covid Esgotos publicou, na última sexta-feira (27), uma nova Nota de Alerta sobre o aumento expressivo da carga viral de Sars-CoV-2 nos esgotos de Curitiba. No prazo de um mês, esse é o terceiro informativo alertando sobre o crescimento da circulação do vírus na cidade.

Desde janeiro de 2022, não eram registradas cargas tão elevadas na capital paranaense. O aumento da carga viral nos esgotos em Curitiba também foi acompanhado pelo número de casos confirmados de Covid-19 entre a população.

A soma das cargas do coronavírus no esgoto atingiu valores ainda mais elevados, alcançando 880 bilhões de cópias genômicas por dia por 10 mil habitantes, um aumento de 157% em relação ao valor registrado na semana anterior. Carga de Sars-CoV-2 e número de novos casos de Covid-19 em Curitiba ao longo do período de monitoramento.

Últimas Notícias