Câmara aprova limite para o apito de trem

14/12/2020


As locomotivas terão limite de volume para avisar a passagem



Em votação unânime, nesta segunda-feira (14), com 33 votos favoráveis, os vereadores da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) aprovaram a imposição de um limite sonoro ao apito das buzinas dos trens que passam dentro da capital do Paraná. Por iniciativa do vereador Bruno Pessuti (Pode), as buzinas deverão ficar entre 96 dB e 110 dB, aferidos a dez metros da linha férrea.


Para lidar com o obstáculo jurídico de legislar sobre esse modal de transporte no Município, já que ele é uma concessão federal, Pessuti, após audiência pública e reuniões com órgãos técnicos, acrescida de diálogo com outros parlamentares interessados – Felipe Braga Côrtes (PSD), Serginho do Posto (DEM) e Cristiano Santos (PV), obteve-se a solução aprovada hoje na CMC. Ela consiste em alterar um item da lei municipal 10.625/2002, que disciplina os ruídos urbanos e a proteção do bem-estar e do sossego público.


Antes o artigo 28 da lei 10.625/2002 dizia que “o Executivo Municipal regulamentará, em até noventa dias da publicação desta lei, as questões específicas relativas à poluição sonora produzida pelo apito do trem”.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

15 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest