SP anuncia nova vacina 100% brasileira Butanvac

26/03/2021


Imunizante será fabricada com insumos nacionais



O Instituto Butantan desenvolveu uma nova fórmula de vacina contra a Covid-19 e vai pedir à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o início da fase de testes nesta sexta-feira (26).


A entidade ligada ao governo de São Paulo fará parte de um consórcio internacional e espera ter capacidade para produzir a maior parte dos imunizantes utilizados na nova vacina, apelidada de Butanvac.


Atualmente, o Brasil depende de insumos internacionais para poder desenvolver as vacinas da CoronaVac e de Oxford/AstraZeneca.


A Butanvac passou nos testes pré-clínicos, onde os efeitos são observados em animais. Os ensaios 1 e 2, voltados para segurança e a capacidade de promover resposta imune, envolveriam 1.800 pessoas e são os que terão o pedido de testes feito à Anvisa.


O Butantan foi selecionado para a produção do imunizante porque a tecnologia necessária é a mesma da vacina da gripe, já desenvolvida pelo laboratório nacional.


Consórcio internacional


De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, o Butantan faz parte de um consórcio internacional para a produção da Butanvac com o Vietnã e a Tailândia - neste último, os testes da etapa 1 já estão em andamento. A expectativa do Butantan é ter 85% da capacidade total de fornecimento da vacina, se ela funcionar.


A Folha de S.Paulo também informou que a tecnologia da Butanvac usa o vírus inativado de uma gripe aviária, a doença de Newcastle, como vetor para transportar para o corpo do paciente a proteína S (de spike, espícula) integral do Sars-CoV-2.

Últimas Notícias