Barrichello domina etapa da Stock Car em Goiânia

20/03/2022


Ex-piloto da Fórmula 1 torna maior vencedor da pista



Depois de um começo de temporada para esquecer na abertura da Stock Car 2022 em Interlagos, no último mês, Rubens Barrichello teve um fim de semana dos sonhos na etapa no anel externo do Autódromo Internacional Ayrton Senna em Goiânia, neste domingo. O piloto da Full Time conquistou a pole position da rodada e venceu as duas corridas da etapa, se tornando o segundo da categoria com tal feito - depois de Ricardo Maurício, em 2021.


Com os dois triunfos em uma etapa movimentada, com três entradas do safety car e uma série de incidentes, ele agora soma oito vitórias no circuito goiano. O número faz de Barrichello o maior vencedor da pista, incluindo os resultados no traçado misto e no oval.


A terceira etapa da temporada 2022 da Stock Car será o estreante GP do Galeão, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, Rio de Janeiro. A prova será entre os dias 8 e 10 de abril.


A primeira corrida da etapa teve Barrichello largando da ponta e controlando a disputa mesmo com as movimentações que levaram a duas entradas do safety car. Na largada, Cesar Ramos ultrapassou Matías Rossi para assumir a segunda colocação. E o argentino foi também superado por Ricardo Zonta, caindo para o quarto lugar.


Gustavo Frigotto rodou no fundo do grid e Átila Abreu atropelou uma placa de publicidade na largada. Com a pista cheia de detritos, a primeira bandeira amarela foi acionada. Abreu foi para os boxes, mas conseguiu retornar. A corrida foi retomada após seis giros sob o safety car, e Zonta foi punido com drive through por queimar a primeira largada.


Os três primeiros mantiveram as posições iniciais, mas outra paralisação: o estreante local Renato Braga rodou, e Allam Khodair parou na pista com a dianteira danificada. Na segunda entrada do carro de segurança, ainda houve um contato entre Ricardo Maurício e Nelson Piquet Jr, no meio do pelotão.


A disputa foi retomada no 12º giro, com Rubinho mantendo a ponta e chegando a 1s de vantagem sobre Cesar Ramos. A menos de oito minutos para a bandeirada, os dois líderes fizeram sua visita obrigatória aos boxes. André Moraes Junior que substitui Tuca Antoniazzi - rodou na pista, mas sem afetar a disputa; Beto Monteiro acabou parado na área de escape do último setor da pista.


Nos últimos cinco minutos, Rafael Suzuki superou Julio Campos para assumir o terceiro lugar. Rossi, que caiu para décimo, foi também punido com um drive through por usar o botão de potência extra antes do momento permitido. Ramos encostou em Barrichello no 24º giro e ficou a menos de 0s5 do piloto da Full Time. Porém, Rubinho conseguiu se defender e faturar seu sétimo triunfo em Goiás.

Últimas Notícias