Atlético-MG aposta em Cuca para o Lugar de Sampaoli

28/02/2021


Diretoria chegou a cogitar na contratação de Renato Gaúcho



Renato Gaúcho fica mais longe do Galo e Cuca volta a ser "Plano A" do time mineiro para o ano de 2021, após a saída de Jorge Sampaoli. As negociações entre Atlético-MG e Renato Gaúcho travaram e não devem ter uma retomada, mesmo com o treinador do Grêmio ficando sem contrato em breve.


O empresário de Renato foi a BH conversar com a direção do Galo, mas o clube mineiro não quer esperar até o fim da Copa do Brasil, em que o Grêmio decide o título com o Palmeiras, para contar com o técnico. E, isso deu força para uma nova rodada de conversas com Cuca, que deixou o Santos após o fim do Brasileirão.


Na última sexta-feira, 26 de fevereiro, em entrevista ao BH Sports, o diretor de futebol Rodrigo Caetano falou do perfil que o clube quer para comandar a equipe este ano.


"Num primeiro momento, a gente gostaria de esgotar as possibilidades entre os técnicos brasileiros, não deixando de lado também a possibilidade de técnicos estrangeiros, que é uma realidade no nosso país. Mas eu acho muito importante, quando você está num clube desse tamanho, a pessoa que vier ter um entendimento do que o clube deseja dele", disse o dirigente.


Cuca tem história no Atlético, quando ficou entre 2011 e 2013, com 153 jogos no comando do time, sendo bicampeão mineiro (2012 e 2013) e campeão da Libertadores (2013).


A definição de Cuca no Galo deve acontecer rápido. Mas, se houver uma negativa do treinador, o time mineiro voltará à estaca zero na busca por um comandante.

Últimas Notícias