Assembleia decide manter atividades no modelo híbrido

18/08/2021


Traiano falou da preocupação com a saúde dos funcionários



A Mesa Executiva da Assembleia Legislativa do Paraná decidiu manter a realização das sessões plenárias e das reuniões de Comissões no modelo híbrido, pelo menos até o mês de outubro. A decisão de postergar o retorno dessas atividades de forma 100% presencial tem como base o alerta das autoridades de saúde em relação a variante Delta do coronavírus. Desde o fim do mês de julho, o Paraná tem confirmada a transmissão comunitária dessa cepa.

A expectativa era de que a partir da próxima terça-feira (24) tanto as sessões plenárias como as reuniões das Comissões voltassem a acontecer apenas de forma presencial, sem a possibilidade de participação remota. No entanto, uma nova análise do cenário da pandemia no Paraná e também em outros estados motivou a mudança dos planos.

“Nós havíamos anunciado o retorno presencial das sessões para o dia 24, mas há uma nova variante que está preocupando. O Serviço Médico da Assembleia nos recomendou que não antecipássemos o retorno presencial da totalidade dos senhores deputados aqui na Casa”, explicou o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB).

Últimas Notícias