Aras vai intimar general Braga Netto para explicar ameaças às eleições

28/07/2021


General virou alvo de quatro ações no Supremo Tribunal Federal



O procurador-geral da República, Augusto Aras, vai intimar o ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, para dar explicações sobre as supostas ameaças que teria feito contra as eleições. As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.


Braga Netto teria dito a parlamentares que as Eleições de 2022 não aconteceriam caso o voto impresso não fosse adotado no Brasil. O general virou alvo de quatro ações no STF (Supremo Tribunal Federal) após as ameaças contra o pleito.


Nesta terça-feira, dia 27, o ministro Gilmar Mendes encaminhou os procedimentos ao procurador-geral para que ele dê encaminhamento aos pedidos.


Ainda de acordo com a colunista, Aras quer ouvir Braga Netto e também o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), para quem parlamentares relataram as ameaças do ministro da Defesa.


Braga Netto teria feito as ameaças ao senador e futuro ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), que repassou o recado ao deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP). Os dois, então, procuraram Lira para relatar as ameaças do general.


Foto: Agência Brasil

Últimas Notícias