top of page

Apucarana receberá nova subestação da Copel

02/04/2024

Serão investidos R$ 76 milhões em nova unidade com mais capacidade



A Copel vai construir uma nova subestação de energia em Apucarana, no Vale do Ivaí, um investimento de R$ 76 milhões. A unidade beneficiará diretamente mais de 14 mil unidades consumidoras do município e da vizinha Cambira, além de estabelecer conexões em um anel de alta-tensão, que favorece o sistema de toda a região. O anúncio foi feito durante uma apresentação ao empresariado da indústria e comércio, nesta segunda-feira (1º), na Associação Comercial e Industrial de Apucarana (ACIA).

 

De acordo com o diretor-geral da Copel Distribuição, Maximiliano Andres Orfali, a nova subestação será construída em um terreno localizado próximo do Núcleo Habitacional Papa João Paulo I. Ela substituirá uma unidade que hoje opera em média tensão, no Jardim Figueira, com capacidade de transformação de 21 MVA (megavolt-ampères). A nova estrutura vai operar em 138 mil volts de tensão, com uma capacidade de transformação quatro vezes maior, de 82 MVA.

 

As obras de ampliação e modernização da infraestrutura elétrica em diversos municípios da região devem receber neste ano R$ 205,4 milhões em investimentos. São recursos destinados à construção de subestações e linhas de distribuição, ampliação de unidades existentes, implantação de novas redes e aportes nos principais programas da companhia.

 

Além da nova subestação de Apucarana, as obras de expansões irão pelo menos dobrar a capacidade em outras 13 subestações. Destaca-se a subestação Faxinal, cuja obra de ampliação absorveu cerca de R$ 18 milhões e deve ser concluída ainda neste primeiro semestre. Ela triplicará a disponibilidade de energia, garantindo condições para o atendimento a novas cargas na região.

 

Mauá da Serra possui outra obra importante prevista, com a instalação de um novo transformador no segundo semestre de 2024. A disponibilidade de energia para o município aumentará 60%, fruto de um investimento de R$ 1,5 milhão.

 

No campo, o Programa Paraná Trifásico segue com obras para tornar mais robusta a infraestrutura de distribuição. Na região do Vale do Ivaí, o Programa aplicará R$ 23 milhões até o final do ano: são 676 quilômetros de redes construídas pelo programa, e outros 67 quilômetros de obras em execução.

Comentários


Últimas Notícias

bottom of page