António Oliveira não é mais técnico do Athletico

09/09/2021



Português não resistiu à fase ruim e à eliminação no Paranaense


A eliminação na semifinal do Campeonato Paranaense diante do FC Cascavel, na última quarta-feira (08), teve consequências no Athletico. O técnico António OIiveira colocou o cargo a disposição e o pedido foi aceito na manhã desta quinta-feira (09) pela diretoria do Furacão.


A sequência de maus resultados - apenas duas vitórias nos últimos 12 jogos - evidenciou a crise no CT do Caju. Contra o FC Cascavel, o treinador escalou seis titulares mas não foi suficiente para superar o adversário, que jogou com apenas três reservas no banco e sem o técnico Tcheco, isolado com Covid-19.


O desempenho em campo tem sido ruim. A fase de vários atletas, como Pedro Henrique, Carlos Eduardo, Renato Kayzer e Léo Cittadini, por exemplo, tem sido decepcionante. Paulo Autuori e William Thomas também têm sido cobrados pelos torcedores nas redes sociais e o elenco é considerado curto. Nesta janela de transferências, chegaram apenas três reforços: os zagueiros Lucas Fasson e Nicolás Hernández e o atacante Pedro Rocha.


As possibilidades agora são: Autuori voltar a exercer as funções de diretor e treinador ou buscar uma opção no mercado. Nomes como Rogério Ceni, Roger Machado e Fernando Diniz estão disponíveis no momento.

Últimas Notícias