Ampliação da presença feminina no setor portuário é tema de debate promovido pelo OGMO/Paranaguá

07/03/2022


Com um mercado predominantemente masculino, a atividade portuária e marítima têm ganhado cada vez mais a participação das mulheres



O OGMO/Paranaguá – Órgão de Gestão de Mão de Obra do Porto Organizado de Paranaguá – promove, durante a semana de comemoração ao Dia Internacional de Mulher, uma programação especial com ações que visam a discussão e a análise da ampliação da presença das mulheres no setor portuário e na sociedade. Com um mercado predominantemente masculino, a atividade portuária e marítima têm ganhado cada vez mais a participação das mulheres, mas, ainda, de forma consideravelmente tímida.

Para o OGMO/Paranaguá este é um desafio que só será possível por meio de debates, discussões e ações de fomentação. Para isso, o órgão promoverá entre os dias 7 e 11 de março, uma série de atividades, debates, palestras e discussões sobre o assunto, no auditório de sua sede administrativa. “Convidamos grandes nomes femininos do setor portuário e da sociedade para compartilharem suas histórias e experiências, em um bate papo em busca da equidade de gênero”, explica a Dra. Shana Carolina Bertol, diretora executiva do OGMO/Paranaguá.

Entre as convidadas para os debates e palestras estão a Gerente de RH do Terminal de Contêineres de Paranaguá – TCP, Thais Marques, que falará sobre a “Beleza de cada ciclo”; a responsável pelo Desenvolvimento Humano e Organizacional do OGMO, Estela Sena, que apontará sobre a “Origem do Dia da Mulher”; a Advogada Especialista em Direito do Trabalho Portuário, Dra. Silvana Alves, que abordará o protagonismo feminino com a palestra “Lute Como Uma Garota”; a Procuradora da Mulher da Câmara de Vereadores de Paranaguá, Me. Vandecy Dutra, que falará sobre a “Valorização  da mulher na sociedade e na política”; e a Coordenadora da Patrulha Maria da Penha, da Guarda Municipal de Paranaguá, a GCM Marcia Garcia, que trará para discussão  “A violência contra as mulheres e os desafios na região.”

Presença feminina no mercado portuário

O equilíbrio dos cargos de liderança dentro do OGMO/Paranaguá sempre foi uma preocupação para a direção executiva do órgão e para os membros de seus conselhos administrativos.  Na atual gestão, há um cuidado em balancear os cargos na instituição. Hoje, 50% dos postos de chefia são ocupados por mulheres. “É importante sempre buscarmos essa igualdade. As mulheres ainda são minoria nos espaços de liderança e chefia, muito embora tenham uma qualificação igual ou superior à dos homens. Temos que fazer a diferença para poder mudar esse cenário e, dentro do OGMO/Paranaguá, essa é uma preocupação real”, explica a Diretora Executiva.

Já entre as mulheres que atuam como Trabalhadoras Portuárias Avulsas no Porto de Paranaguá está Viviane Ferreira Bandeira. Para ela, que é uma das pioneiras entre as mulheres TPAs na história portuária da cidade, ainda falta muito, mas já é o início de uma transformação. “É importante sermos representadas. Precisamos também ocupar os cargos que nunca foram necessariamente masculinos. Cada dia é um aprendizado para nós mulheres nesse ambiente de TPAs”, explica.

A presença feminina no setor portuário vem crescendo de forma discreta nos últimos anos no Brasil. Ainda não existem dados precisos quanto ao número de mulheres que atuam atualmente no setor, porém, é nítida a disparidade de gênero. Quanto a porcentagem de mulheres que ocupam cargos de liderança sênior, o percentual é ainda menor, mesmo que os dados comprovem que as mulheres atingem em média um nível de instrução superior ao dos homens. “Temos mais de um século de história para superar. Muitas empresas cientes de que a inclusão de gênero é uma vantagem competitiva, estão propondo ações concretas que visam garantir o equilíbrio de gênero em todos os níveis hierárquicos, cabendo a nós, mulheres, projetar ações que modifiquem a estrutura do setor, possibilitando uma maior inserção, assegurando o respeito aos seus direitos, suas opiniões e pensamentos. Lutas em comum, vitórias em comum! Se todas nós passamos por momentos em que navegamos na intensidade das fortes tempestades, nada melhor que compartilhar nossas histórias e experiências, fortalecendo e encorajando mais mulheres para que se sintam motivadas e confiantes a explorar o mundo portuário”, finaliza a Diretora Executiva do OGMO/Paranaguá, Dra. Shana Colaço Bertol.


Últimas Notícias